AEB Diário – segunda-feira, 01/03/2021

Legislação

1 – Legislação Federal publicada na Edição do DOU de 01.03.2021 – Seção 01:

Pág. 29 – Retificação Conselho Nacional Das Zonas De Processamento De Exportação Na página 36, da Seção I, do Diário Oficial da União publicado em 01 de fevereiro de 2021, onde se lê: “Resolução CZPE-SE/ME nº 01, de 28 de janeiro de 2021”, leia-se: “Resolução CZPE/ME nº 21, de 28 de janeiro de 2021”.

Pág. 112 – Portaria FUNAG Ministério das Relações Exteriores nº 60, de 19/02/2021 Revoga portarias normativas no âmbito da Fundação Alexandre de Gusmão.

Consultar seção 01 DOU 01.03.2021

Notícias

Exportações brasileiras para o Canadá cresceram 25% em 2020 e totalizaram US$ 4,2 bilhões, diz CCBC
A análise Quick Trade Facts, realizada pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) com base no levantamento Comex Stat, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, revelou um aumento de 25% no valor total das exportações de produtos brasileiros para o Canadá em 2020 em relação ao ano anterior, alcançando os US$ 4.2 bilhões. Já as importações apresentaram queda de 20% e chegaram ao valor de US$ 1.8 bilhão. O saldo da corrente de comércio (exportações + importações) entre os dois países foi positivo: um aumento de 7%. [Leia a matéria completa Comex do Brasil]

Porto de Santos começa 2021 batendo novos recordes de movimentação de cargas
O Porto de Santos iniciou o ano de 2021 mostrando sua capacidade de resiliência frente a desafios como a Covid-19, registrando volumes recordes de movimentação. A estatística é da Santos Port Authority (SPA). O volume total de cargas foi de 9,18 milhões de toneladas, resultado 10,5% superior ao de 2020 (8,31 milhões) e 1,4% maior que o recorde do mês, registrado em 2018 (9,05 milhões). A carga conteinerizada registrou 374,1 mil TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), ficando 10,5% acima do mesmo período de 2020 (338,5 mil TEU), quando também tinha sido registrado o recorde anterior. [Leia a matéria completa em Comex do Brasil]

Contas externas têm déficit de US$ 7,253 bilhões, o segundo após oito meses de superávits

“A redução no déficit decorreu das retrações de US$ 1,4 bilhão e de US$ 0,9 bilhão nas despesas líquidas de serviços e de renda primária, respectivamente, além do aumento de US$ 0,6 bilhão no saldo da balança comercial”, informou o BC em relatório. Em 12 meses, encerrados em janeiro, foi registrado déficit em transações correntes de US$ 9,405 (0,65% do Produto Interno Bruto – PIB), ante saldo negativo de US$ 52,755 bilhões (2,85% do PIB) em janeiro de 2020 e déficit de US$ 12,457 bilhões (0,87% do PIB) no período equivalente terminado em dezembro de 2020. [Leia a matéria completa em Comex do Brasil]